sexta-feira , 22 setembro 2017

Castramóvel em GV: 200 animais são beneficiados

Castramóvel esterilizou 200 animais

 

Cerca de 200 cães e gatos em Governador Valadares estarão castrados até o fim desta sexta-feira, dia 20. O serviço de esterilização está sendo feito de forma gratuita desde a última terça, no Parque de Exposições.

A Associação de Proteção e Bem Estar Animal (Aprobem/GV), em parceria com o vereador Alessandro Ferraz (PHS), trouxe à cidade o Castramóvel, um veículo equipado para o serviço de castração animal.

A iniciativa da Aprobem é inédita em Valadares e cerca de 200 animais serão atendidos. Cães e gatos foram anteriormente cadastrados e selecionados pela Associação.

A prioridade são os animais Sem Raça Definida (SRD), os famosos vira-latas, os que vivem em lares temporários aguardando adoção e os que já estão adotados, porém foram resgatados das ruas.

Castramóvel realiza cirurgia com valor simbólico

Preparação para esterilização

 

O Castramóvel é um projeto da ONG Ajuda, de Juiz de Fora. Estão sendo realizadas 50 cirurgias por dia em Valadares, desde a última terça-feira.

Foram cadastrados 80 cadelas, 60 gatos (entre machos e fêmeas) e 60 cachorros.

As castrações são gratuitas e é solicitado de cada proprietário uma ajuda de custo no valor de R$ 60,00 para as despesas de hospedagem, alimentação e combustível da equipe que integra o Castramóvel.

Cada beneficiário recebe um kit de medicamento por R$ 10,00, totalizando R$ 70,00, um valor bem abaixo do praticado no mercado valadarense.

O preço médio de castração de um gato macho ou cão de pequeno porte é de R$ 250,00, fora a consulta – R$ 80,00 a R$ 100,00 -, e o exame de risco cirúrgico – R$ 50,00.

Para utilizar os serviços do Castramóvel, mais de mil reservas foram feitas por proprietários de animais na cidade, segundo informou a presidente da Aprobem, Silvana Soares.

 

gatos também foram castrados

Esterilizações reduzem número de animais nas ruas

O integrante da ONG Ajuda, Átila Torquato, disse que a castração em massa reduz a população animal nas ruas. “Sem a ajuda da população e dos governos é impossível controlá-la”, frisa.

Ele destaca que os municípios devem reforçar a cultura da esterilização, realizando uma média de 3 a 10 castrações por semana, ou cerca de 500 por ano.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, existe em média 1 a 2 animais por residência no Brasil. Em Valadares, estima-se que 15 mil animais vivem nas ruas.

Sobre Andréa Costa

Verificar Também

Falta de cemitério: o que fazer na hora do adeus ao seu animal de estimação?

A pedagoga Marly de Lourdes Fonseca ainda guarda com carinho as gravatinhas e brinquedos do …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *